Arrumando a Mala,  Outras Experiências

Lista de itens para viagem que facilitam sua vida!

Na lista de itens para viagem alguns dos objetos nela incluídos podem parecer simples, mas fazem toda a diferença! Seja para facilitar o arrumar (e até mesmo o desfazer) das malas, seja para não ficar sem bateria durante o dia, são objetos que, na minha opinião, todos os viajantes deveriam ter.

Essa é minha lista de itens para viagem que não podem faltar na minha mala:

Eletrônicos e afins

Adaptador universal

Existem diversos padrões de tomada nesse mundão. A maioria deles você encontra no adaptador universal, que conta com diversos plugs em uma só peça. Para alguns países, como África do Sul e Namíbia, que possuem um padrão bem atípico, não tem escapatória, tem que comprar o adaptador no país mesmo. A dica é não comprar no aeroporto ou na sua hospedagem para não pagar caro demais. Qualquer lojinha de eletrônicos vai ter um satisfatório e barato.

Caso tenha muitos equipamentos, considere comprar mais de um adaptador universal e/ou uni-lo a uma régua, sobre a qual falarei mais adiante.

Carregador portátil

Função não falta para ele! Basta ter o cabo adequado que você consegue carregar quase tudo. Nós já usamos para o celular, para o controle da GoPro e do drone, além da bateria da GoPro. Como geralmente nós passamos pelo menos 12h na rua, ele nunca falta na nossa lista de itens para viagem! Às vezes levamos até mais de um para o passeio.

Esse modelo é o que temos e super recomendo. Ele tem duas entradas USB e consegue carregar dois celulares completamente.

Deixamos ele carregadinho para quando acampamos num camping na Namíbia que não tinha energia elétrica.

Cartões de memória e baterias extras

É sempre bom ter cartões de memória extra, não só no caso de você preenchê-lo completamente, mas também para o caso do cartão parar de funcionar. Já aconteceu isso com a gente uma vez, no meio da viagem. Se não fossem pelos cartões extras, só teríamos fotos do celular. Sem drone, sem câmera e sem GoPro o resto da viagem!

Quem manda a África do sul ser tão maravilhosa…!!

Nessa mesma linha de pensamento, temos pelo menos uma bateria extra para cada um dos nossos equipamentos, para não ficar sem nenhum ao longo do dia.

Duplicador de fone de ouvido (P2 duplicador ou divisor)

Pode parecer a coisa mais boba, mas faz muita diferença tê-lo. Esse adaptador permite que você conecte dois fones de ouvido à mesma saída de áudio, seja de um celular, de um tablet ou de um audioguide de museu!

Por exemplo, o usamos no Museu do Levante de Varsóvia!

Siiiiim! Essa dica é para os mãos de vaca. Quando eu e o Yu pedimos audioguide, a gente paga por somente um aparelho e usamos esse adaptador para os dois escutarem, economizando um bom dinheirinho nessa brincadeira. Além disso, dá pra assistir coisas da sua rede de streaming favorita em trens, ônibus de viagem e voos domésticos.

Fala sério se não é para estar na lista de itens para viagem!!

Jogo de lente para celular

Essas lentes são uma mão na roda, mesmo para você que tem uma câmera profissional ou semiprofissional, principalmente para uso no dia a dia.

Os kits geralmente possuem três lentes:

  • Lente Fish Eye (Grande Angular) – Aumenta o ângulo de captura em 180°, criando a impressão de grande profundidade de campo. A foto fica parecida com a da GoPro;
  • Lente Macro – Ideal para capturar detalhes, ampliação de até 10x;
  • Lente Panorâmica (Wide) – Amplia o ângulo de captura da imagem, porém em uma escala menor que da lente macro.

Régua de tomadas ou filtro de linha

Esse item acompanhado do adaptador universal te salva a vida!!! Está na nossa lista de itens para viagem depois de termos nos hospedado em locais que tinham apenas uma tomada disponível no quarto e a gente com 5 eletrônicos para carregar!

É leve, compacto, encaixa em qualquer lugar e é uma mão na roda! Lembre-se de escolher um filtro com o padrão de tomadas que você mais utiliza, para evitar ter que carregar um monte de adaptadores adicionais.

Por termos levado a régua que não precisamos comprar mais de um adaptador na África do Sul.

Organização de mala e itens pessoais

Kit de higiene pessoal

Seja para colocar na mala despachada ou na mala de mão, ter embalagens menores e com volume de 100ml nos faz otimizar o espaço no nécessaire.

Para uma viagem de duas semanas para um casal uso:

  • 2 frascos para colocar shampoo;
  • 1 para condicionador (as maravilhas do cabelo curto);
  • 3 para sabonete líquido, sendo que um deles deixo na bolsa/mochila para usarem banheiros públicos, caso não tenham sabonete;
  • 1 para hidratante.

Para completar o kit:

  • escova de cabelos pequena;
  • esponja de banho;
  • depilador;
  • desodorantes para axilas e pés;
  • protetor labial;
  • protetor solar;
  • tubo de pasta de dentes pequeno;
  • duas escovas de dentes que guardo em um estojinho em plástico maleável (prefiro) ou naquelas tampinhas plásticas que protegem somente as cerdas.

Nécessaire de remédios

Na nossa primeira grande viagem internacional cometi o erro primário de não levar os remédios que estou habituada a usar para casos de dor de cabeça, dor de estômago, dores em geral, enjoo, anti alérgicos, remédio para diarreia, gases, etc. E lógico que passei mal…

Tudo começou com um jantar em Paris

Mas como tudo tem um lado positivo. Foi dessa forma que conheci um remédio fitoterápico para enjoo que, mesmo após 7 anos daquela viagem, ainda é meu melhor amigo nesses casos. Caso tenha se interessado, o remédio chama Iberogast! Já conseguimos comprar em vários países da Europa e nos Estados Unidos.

Ele me salvou também de um mal estar em Viena e minimizou um pouco aa crise de gastrite na Bolívia.

Desde então, nunca mais o nécessaire de remédios deixou de constar na nossa lista de itens para viagem.

No entanto, não leve os remédios nas caixinhas, pois ocupam muito espaço. Pegue só uma cartela de cada. Caso seja um pote, use um porta comprimidos. Não esqueça também de levar um antisséptico, band aids, esparadrapo, salonpas.

Porta comprimidos devem estar na sua lista de itens para viagem!
Que economia de espaço, não?

Coloque-os todos num nécessaire exclusiva para facilitar o acesso. Você pode organizar as cartelas em saquinhos herméticos por tipo. Por exemplo, colocar todos os remédios para dor de estômago e enjoo em um envelopinho. Para dores no corpo e dor de cabeça em outro. E assim por diante.

Nécessaire de higiene pessoal

Eu acho simplesmente sensacional a ideia que tiveram de colocar um gancho no nécessaire. Além de permitir que você a pendure no toalheiro, o que é excelente quando você compartilha banheiro, ela também se desdobra e todos os itens ficam bem visíveis e fáceis de acessar, já que ele possui diversos compartimentos.

Coloque nesse nécessaire tudo que citei no tópico “kit de higiene pessoal”!

Organizador de bagagem

Esse item é meu queridinho. Não consigo mais viver sem eles. Os kits geralmente vêm com 6 peças de diferentes tamanhos. Eu comprei dois kits de cores diferentes, para facilitar a identificação de roupas minhas e do Yu.

Organizadores de mala devem estar na sua lista de itens para viagem!
E a mala se mantém arrumada durante toda a viagem!

O mais legal desses organizadores de mala é que você consegue manter a mala organizada ao longo de toda viagem. Eles também me ajudaram muito a diminuir os pesos das malas de 18-20 kg para 12-13 kg, pois só levo o que cabe nos organizadores!!!

Lógico que também as experiências de viagens nos fizeram perceber o quanto realmente precisamos levar de roupas. Mas gente, sério, vale demais o investimento e tem que estar na sua lista de itens para viagem!

Outros itens

Canivete

Se tem uma coisa que a gente quase sempre sente falta é de um saca rolhas. Mas ao invés de só ter um saca rolha na mala, por que não unir a outras funções como aparafusar, cortar, serrar, abrir garrafas de cerveja, latas e até costurar?? A gente nunca sabe qual perrengue pode surgir durante a viagem!

Usamos e abusamos em Mendoza e no Noroeste Argentino!

Um bom canivete suíço, como os famosos Victorinox, são mais caros, mas durarão a vida inteira. O Yu tem um que ganhou da tia que é mais velho que ele!

Só não esqueça que esse item só pode ir na mala despachada. Ao chegar no seu destino, não esqueça de colocá-lo na bolsa/mochila e de tirá-lo de lá no fim da viagem, retornando-o para a mala despachada.

Capa de chuva ou guarda-chuva

Por mais que a gente torça para que não caia aquela chuva durante nossa viagem, é melhor prevenir que remediar, certo?

Portanto, não esqueça de incluir na sua lista de itens para viagem uma capa de chuva e/ou guarda chuva. Por mais que você tenha um casaco impermeável, ele não protegerá sua bolsa/mochila da chuva. Por este motivo é bom ter a mão um desses objetos.

A capa de chuva que mais recomendo é o poncho. Ele é mais largo na base permitindo cobrir bem suas coisas, ainda te protegendo. Não é como aquelas capas de chuva mais simples que ou você se protege da chuva ou protege suas coisas!

Há aqueles descartáveis e os mais duráveis. Seja qual for, ocupam pouco espaço na sua mala.

A vantagem do guarda-chuva é que ele pode ser usado também como guarda sol. Quem nunca turistou embaixo de sol escaldante que atire a primeira pedra! Até eu que evito viajar no verão já passei por esse sofrimento.

Fez bastante falta um desse em Cartagena!

Indico esse modelo por possuir a parte externa reflexiva, a qual bloqueia quase 100% dos raios UVA e UVB. Além disso, é dobrável e leve, ideal para colocar na bolsa.

E você, já utilizava alguns desses itens? Algum deles nunca passou pela sua cabeça levar numa viagem? O que tem na sua lista de itens para viagem?

A Cecília, do blog Viajante Econômica, também fez uma lista de itens para viagem no post Dicas de viagem: o que levar na mala

3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: