Europa

  • Onde comer pizza em Nápoles – Itália

    Não sei vocês, mas uma das primeiras coisas que eu pensei quando confirmei minha viagem para Roma é que precisava ir até Nápoles para provar a verdadeira pizza napolitana. Dito e feito! Como chegar de trem em Nápoles saindo de Roma Há duas opções: saídas da estação Roma Termini ou Roma Tiburtina, sentido Napoli Centrale. Como estávamos hospedados ao lado do Termini, fomos de primeira opção, trecho operado pela Trenitalia. A segunda opção é operada pela Italo. A viagem pode durar entre 1 a 2h, dependendo do tipo de trem que você escolher. A diferença de preço entre os dois varia em torno de 10 euros. Fica a dica Compre…

  • Museu de História Natural: evolução ao seu alcance

    Eu e o Yu somos biólogos e apaixonados por essa ciência. Assim, em praticamente todas as nossas viagens, incluímos em nosso roteiro um museu de história natural ou ciências naturais, que de longe é nosso preferido! O que é um Museu de História Natural ou Ciências Naturais Um museu de história natural é destinado a temas relacionados à geologia e biologia com o intuito de pesquisar, ensinar e divulgar estudos que visam compreender a formação, surgimento, evolução do mundo e das espécies que o habitam, além da interação entre todos os elementos vivos e não vivos presentes no mundo natural. As coleções de um museu de história natural são usualmente…

  • O que é Free Walking Tour? Vale a pena incluir no roteiro?

    Diferentemente do que a tradução livre possa nos induzir a pensar, o Free Walking Tour não quer dizer que seja gratuito, mas sim que você tem a liberdade de pagar (ou não) o quanto quiser pelo serviço. É um conceito relativamente novo quando comparado ao tour tradicional. A palavra Free atrai especialmente viajantes econômicos e mochileiros, mas, ao contrário do que muitos podem pensar, não está associada de forma alguma à baixa qualidade do tour oferecido. Na verdade, exatamente pelo viajante ter essa liberdade, os guias investem bastante de seu tempo para criar e estudar os melhores roteiros. Como tudo começou? Para a maioria dos viajantes, viajar é sinônimo de…

  • 9 motivos para conhecer e voltar a Berlim, Alemanha

    Se tem um lugar que gostaria de voltar é Berlim na Alemanha. Fomos para lá, em 2013, sem nenhuma grande expectativa. Na minha cabeça o auge da viagem seria Paris, sonho de toda uma vida. Mas queríamos conhecer um outro lugar nessa viagem. E algumas pessoas nos sugeriram Berlim. Por que não? Foi nossa primeira grande viagem internacional. Sete anos se passaram. Nesse meio tempo conhecemos diversos outros países e cidades. No entanto, Berlim ganhou meu coração e segue sendo minha cidade preferida no mundo. Os motivos são: 1 – História Eu sou completamente apaixonada por história. Confesso que até o colegial não era minha matéria preferida. Mas quando comecei…

  • Roteiro pela linda Cesky Krumlov – República Checa

    Sabe aquela cidade que parece com aquelas de contos de fadas? Essa é Cesky Krumlov na República Tcheca. Se for para o país, reserve pelo menos um bate e volta para a cidade. Prometo que não irá se arrepender! Situada às margens do rio Vltava (ou Moldava), Český Krumlov (assim que escreve originalmente!) é uma das cidades medievais mais bem preservadas do mundo, com cerca de 300 edifícios históricos. Com suas ruas de paralelepípedo, ainda cercada por uma muralha medieval, margeada por um rio, e seu castelo no alto da colina, Cesky Krumlov nos leva diretamente ao passado assim que entramos no seu centrinho histórico. Não à toa que desde 1992 é…

  • Dicas de como economizar em Paris

    Ah, Paris! Desde que me conheço por gente sonhava em conhecer a cidade. Uma pena que não seja um sonho muito barato. A cidade é cara, mas é possível aproveitar, e muito, com essas dicas de como economizar em Paris. Algumas dicas gerais Quantos dias ficar em Paris Se você não for fazer nenhum bate e volta, 4 dias inteiros dá para conhecer os principais pontos turísticos e algo a mais. Contudo, caso faça bate e volta para alguma outra cidade próxima, acrescente um dia inteiro para cada um deles. Nós ficamos 5 dias e meio, com um bate e volta para Versalhes. Quando ir à Paris? Verão Vai do…

  • Varsóvia: a cidade que não se curvou.

    Início da Segunda Guerra Mundial Varsóvia já foi descrita como a Paris do Norte, considerada uma das cidades mais bonitas até a Segunda Guerra Mundial, quando passou a ter que lutar contra dois inimigos: os Alemães vindo do lado oeste e os Soviéticos do lado leste. Em 1939, os alemães e soviéticos assinaram um tratado, conhecido como Pacto Germano-Soviético que, dentre outros acordos, estipulou secretamente que ambos invadiriam e dividiriam entre si o território Polonês. Para ambos, o Estado Polonês era ilegítimo. Com o Tratado de Versalhes, a Alemanha perdeu uma faixa de seu território para a recém-nascida Polônia, separando duas províncias germânicas, território este conhecido como Corredor Polonês (sacou?).…

  • Quanto custa viajar para Turquia?

    Continuando com as dicas para montar seu roteiro pela Turquia, nesta etapa falarei um pouco mais sobre nossas impressões, assim como responderei a pergunta que todo mundo quer saber: Quanto custa viajar para Turquia? 9-  Comunicação Gente, tentamos, mas não conseguimos sair de lá nem falando obrigado… o que acho ruim. Gosto de pelo menos saber falar bom dia, boa tarde, boa noite, por favor, licença e obrigada na língua. Foi assim também nos países da Europa central. Não rolou!!! Eu jurava que ao menos em Istambul e na Capadócia não teríamos grandes problemas de comunicação, mas não foi bem assim. Nos pontos mega turísticos era tranquilo. Não tinham o…

  • Dicas para organizar seu roteiro pela Turquia!

    Oi gente! Entre 19/03 e 03/04/19 nós fizemos mais uma eurotrip! Dessa vez não foram muitos países como no ano passado, mas foram lugares bem legais e marcantes. Estamos numa pegada diferente agora, de qualidade e não quantidade. Não que as outras viagens não tenham sido de qualidade, mas queremos explorar mais cada país. Vamos […]

  • Bratislava – Dia 1

    31/03/2018 – Sábado Chegou a hora de partir. Acordamos e estava um dia lindo. Já estava com saudades de Viena e nem tinha ido embora ainda! Nosso busão para Bratislava partia às 10h30 da Rodoviária Erdberg. Para chegarmos lá tínhamos que pegar um bondinho e depois o metro. Meia horinha a gente tava lá na porta! Chegamos na rodoviária e ficamos meio perdidos. No telão falava que o busão saía da plataforma 2, se não me engano, mas a gente encontrava todas menos a 2. Depois de perguntar para algumas pessoas (por incrível que pareça não era muita gente que falava inglês lá), descobrimos que nossa “plataforma” na verdade era…

error: