Brasil,  Minas Gerais,  Road Trip,  Trilhas

Trilha da Pedra do Jair em Sapucaí Mirim/MG

Você já ouviu falar da Pedra do Jair, localizada no município de Sapucaí Mirim, Minas Gerais? É provável que por causa da sua famosa vizinha, a Pedra do Baú, ela tenha sido menosprezada.

No mundo dos jipeiros ela é muito conhecida, pois essa é uma das formas de se chegar ao seu pico com 2 mil metros de altitude, de onde se tem uma vista panorâmica da região.

Pedra do Jair - Sapucaí Mirim Minas Gerais
Embora parcialmente nublado, olha essa vista!

Pedra do Juncal, vulgo Pedra do Jair!

A pedra do Juncal é mais conhecida como Pedra do Jair em homenagem ao Sr. Jair que ali viveu de 1975 a 2005. Seu sonho era que as pessoas viessem conhecer as belezas naturais do seu jardim, o qual incluía a Pedra do Juncal.

Pedra do Jair - Sapucaí Mirim Minas Gerais

Com a inauguração do Restaurante Pedra do Jair seu sonho se tornou realidade!

Como chegar na Pedra do Jair

Para quem sai da capital de São Paulo, são dois os caminhos possíveis até o Restaurante Pedra do Jair, ponto de partida tanto para quem fará a trilha a pé ou de 4×4.

– Pela Fernão Dias, passando por Extrema e Camanducaia, em Minas Gerais, para então pegar a Av. Joaquim Ramos Dias até o restaurante, totalizando cerca de 170 km de distância.

– Pela Dutra ou Carvalho Pinto, passando por Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, em São Paulo. Do centro de São Bento, são cerca de 27 km até o restaurante, sendo que cerca de 2/3 deste trecho é por estrada de terra em boas condições. Neste caso, são cerca de 230 km de distância.

Onde se hospedar

Você pode se hospedar no Restaurante Pedra do Jair, onde há dois chalés e área para camping, ou nas cidades vizinhas e fazer um bate e volta a partir delas.

Pedra do Jair - Sapucaí Mirim Minas Gerais

A distância aproximada das cidades mais próximas é:

– Gonçalves – 16,5 km

– São Bento do Sapucaí – 27km

– Camanducaia – 34 km

– Monte Verde – 46 km

– Extrema – 60 km

– Campos do Jordão – 60 km

Essas duas últimas acho o tempo de viagem um pouco extenso, cerca de 2h, por conta da pista sinuosa. Vale a pena caso você queira unir a Pedra do Jair a outro passeio no caminho, como a Pedra do Pião, Cachoeira da Amizade e Cachoeira Saturnino, isso só em Sapucaí Mirim.

Nós escolhemos nos hospedar em São Bento do Sapucaí, no camping do Filho Amado, sobre o qual escreverei em outro post. Mas já adianto que foi uma excelente escolha!

Sapucaí Mirim Minas Gerais

Enquanto não rola o post desse camping, você pode se inspirar com o camping do Parque Vale das Pedras em Socorro e Camping do Léo em Ilhabela!

Quanto tempo preciso para visitar a Pedra do Jair?

No mínimo três horas. Para quem vai de trilha 4×4, a trilha dura não mais de meia hora (o trecho entre o restaurante e a pedra, mas o pessoal do 4×4 acaba passeando por mais estradas no mesmo dia). Para aqueles que vão a pé, cerca de 1h.

Pedra do Jair - Sapucaí Mirim Minas Gerais
A menos que decida yogar um pouco!

Você pode ficar por volta de 1h no topo, contemplando a vista, e então retornar.

Quando ir?

Qualquer época do ano é uma excelente pedida. No entanto, duas merecem ser destacadas:

– Se você for de julho a agosto, época do pinhão, pode ser que encontre macacos-prego interessados na semente da Araucária.

– O verão na região costuma ser bastante chuvoso, mas com temperaturas agradáveis, por conta da altitude.

Nós fomos no começo de novembro. Não pegamos chuva. E o tempo estava uma delícia, principalmente à noite quando caía bastante a temperatura, do jeito que amo!

Pedra do Jair - Sapucaí Mirim Minas Gerais

Como é a trilha da Pedra do Jair?

Vamos por partes! Antes de mais nada tenho que esclarecer que apesar da Pedra do Jair ter 2 mil metros de altitude, o desnível a ser superado na trilha é de 450 metros. É possível chegar no Restaurante Pedra do Jair tanto com veículos 4×4 como comuns.

Por estar dentro de uma propriedade privada, o acesso à trilha é pago. Em novembro de 2020 o valor era de R$ 5,00 por pessoa. A trilha pode ser feita das 8 às 16h, horário final para retornar.

Para quem vai de carro

A trilha é bem tranquila, ao menos no dia que a fizemos. Talvez durante ou após dias chuvosos ela requeira um pouco mais de atenção. Dependendo do seu carro e da sua habilidade no volante, pode aumentar a diversão (ou impedir sua subida).

Os veículos não chegam ao topo da Pedra do Jair. Para os últimos metros é necessário seguir a pé.

Amo uma road trip! A primeira que fizemos com o Rhino (nosso carrinho) foi a dobradinha Cunha-Paraty, quando a gente atolou o carro se enfiando numa trilha sozinhos!

Para quem vai a pé

A trilha seguida pelos veículos é a mesma dos pedestres. São cerca de 2,5 km com leve aclive. Quando molhada pode ser bem escorregadia.

O trecho final até o topo é bem íngreme, com pedras, mas já tem uma trilha em zigue zague delimitada, facilitando bastante a subida.

Vale ressaltar que em dias chuvosos o acesso à trilha pode ser interrompido por questões de segurança, tanto para veículo, como para pedestres.

Seja qual for sua escolha, o caminho já rende o passeio. Aprecie a mata nativa cheinha de araucárias!

Gosta de trilhar? Que tal subir o Pico do Baepi ou fazer a travessia Bonete-Castelhanos, ambas em Ilhabela?

Restaurante Pedra do Jair

Como estávamos em uma expedição de jipeiros, não houve parada no restaurante. No entanto, li alguns relatos de pessoas elogiando bastante a comida mineira caseira feita em forno a lenha.

Uhum, isso me lembrou da nossa road trip pelas cidades históricas de Minas Gerais! Credo, que delícia!

O restaurante funciona no sistema self service aos sábados e domingos das 12 às 16h. Aproveite para fazer a sesta jogado no gramado ou em uma das redes disponíveis no local!

Ah! Para os clientes do restaurante, a trilha é gratuita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: