• Minhas TOP 10 experiências bárbaras!

    Todas as experiência são válidas, até mesmo das ruins podemos tirar coisas positivas. Mas é óbvio que tem aquelas incríveis, inesquecíveis e que não só você gostaria de repeti-las n vezes, como também deseja que todos tivessem a sorte de vivencia-las. Essas são as minhas TOP 10 experiências bárbaras: 10 – Dobradinha Figueres e Cadaqués Ambos são municípios da Espanha da província de Girona. Figueres é a cidade natal de Salvador Dali e lá que encontramos o Teatro-Museu Dalí. Inicialmente não estava nos nossos planos visitar este museu. No entanto, como estávamos com nossos amigos que moram lá, eles nos convenceram a ir. Ainda bem! Adorei conhecer um pouco mais…

  • Viagem em cruzeiro, sim ou não?

    Por muito tempo tive preconceito com viagem em cruzeiro. Achava que seria algo muito monótono e que enjoaria horrores, já que enjoo até na travessia de balsa São Sebastião-Ilhabela! No entanto, em 2017 surgiu uma promoção de um cruzeiro pelo Caribe Sul. Resolvi deixar o preconceito de lado e vivenciar essa nova experiência, mesmo não sendo a pessoa que mais gosta de praia e muito menos de calor! Nossa escolha A companhia elegida foi a Pullmantur. Seus navios não são gigantes e nem cheios de infraestrutura e atividades como outras companhias mais renomadas. No entanto, como seria o meu primeiro cruzeiro, não teria com o que comparar. A grande vantagem…

  • Dicas para o seu roteiro por Cartagena das Índias

    Seja como for, peçam na recepção do hotel sugestões de agências. E negociem! Vejam direitinho o roteiro que oferecem e o que está incluído. Hospedagem Fiz reserva para eles no Hotel Santa Alejandria – Calle de La Cruz, n° 9 – 42. O hotel fica dentro da cidade amuralhada. Os quartos tinham ar condicionado, primordial naquele lugar insuportavelmente quente, e tinha café da manhã incluído. Acima de tudo, seja quanto tempo você for ficar, escolha se hospedar dentro da cidade amarulhada e tenha certeza que o quarto tenha ar condicionado! O que fazer em Cartagena das Índias Pôr do sol no Café del Mar. Sente no barzinho (achei meio caro)…

  • Quando tive que organizar uma viagem alheia!

    De onde surgiu a viagem alheia Em 2017, fomos convidados por um casal de amigos para sermos padrinhos de casamento! Lógico que ficamos muito honrados com o convite, mas ainda tinha mais!!! Eles nos deram como função organizar a Lua de Mel deles. Até aí, sem problema, já tinha organizado tantas viagens, organizar uma viagem alheia acho que não seria um problema. Até que veio a bomba: “Queremos saber o destino somente no aeroporto!” Oi????????? Bateu aquele desespero, aquela responsabilidade, os milhões de “e se??”. Meu, naquele momento eu não sabia nem por onde começar!!! Nosso estilo de viagem é muito particular, não é todo mundo que gosta/aguenta esse estilo.…

error: