Caldo de legumes caseiro utilizando sobras

Apesar dessa receita bárbara de caldo de legumes caseiro parecer não estar relacionada com viagens, ela fará parte de muitas receitas que eu possa publicar por aqui ou que sua criatividade permitir! Mas o principal dela é reduzir o desperdício de alimentos, tirando o máximo deles!

Sabe aquelas cascas e talos de vegetais que você normalmente despreza? Então, tudo isso junto vira um caldo de legumes super saboroso! Como? Simples!

Ingredientes

  • Água e sal;
  • Quase qualquer sobra de vegetais! Casca de cebola, alho, batata, abóbora, gengibre, talos de manjericão, alecrim, coentro, salsinha, couve, pontinhas desprezadas de cenoura, etc!

Inclusive, caso você ache que algum vegetal esteja um pouco passado, mas não estragado, ao invés de joga-lo fora, use-o aqui também!

Porém, há alguns alimentos que se deve evitar, que são aqueles mais esponjosos, como a abobrinha, pois eles podem absorver um pouco do sabor. Mas se for só uma pontinha, não tem problema!

Modo de preparo do caldo de legumes caseiro

Em primeiro lugar, num saquinho ou pote vá guardando todas as sobras, mantendo-as congeladas até que você tenha uma quantidade razoável.

Então, numa panela grande coloque tudo que você juntou e o quanto der para acrescentar de água. A quantidade de sal é a gosto. Prove mesmo a água até que fique levemente salgada. Vai bem menos sal que água de macarrão, pois esse caldo vai evaporar nas receitas e concentrar o sabor.

Preparo do caldo de legumes caseiro
Surpreendentemente, só encontrei a foto que postei nos stories do Instagram

Deixe cozinhar por cerca de 20 minutos.

Com o auxílio de uma peneira, vá coando o caldo. Esprema com uma colher para tirar todo o líquido das sobras.

Agora sim você pode desprezar as sobras ou usar em uma composteira se tiver uma!

Como guardar seu caldo de legumes caseiro

Em geral, o caldo fica bem concentrado. Você sabe pela cor mesmo, que pode variar dependendo dos ingredientes, mas com o tempo você encontra o ponto ideal. Se ela estiver bem intensa, a ponto de você não conseguir ver através, é porque está concentrado.

Neste caso, você tem duas opções:

  • porcionar concentrado e diluir quando for usá-lo;
  • porcionar já diluído.
Caldo de legumes caseiro porcionado
Uso essas garrafinhas de 200-250 ml para guardar. Quando concentrado, uma delas é mais que suficiente para receitas para 2-3 pessoas após diluído.

Eu prefiro guardar sem diluir, para não ocupar tanto espaço no freezer. Na hora que for precisar usar, eu descongelo a temperatura ambiente ou no micro-ondas (se o material em que você guardou permitir) e diluo 1:3 ou 1:4. Prove sempre pra ter noção do sal e, portanto, de quanto diluir ou usar.

Onde usar o caldo de legumes caseiro

  • Risotos
  • Cuscuz marroquino
  • Sopas
  • Arroz
  • Massas
  • E o que mais sua imaginação permitir!
Caldinho de feijão utilizando o caldo de legumes caseiro
Só para ilustrar, a última receita que utilizei o caldo de legumes caseiro foi nesse caldinho de feijão!

Viu? Esse caldo de legumes caseiro utilizando sobras além de ecológico, é prático, fácil de fazer, saboroso (gente, o aroma que sai da panela enquanto cozinha é divino!) e ainda saudável, pois não vai um monte de conservantes artificiais!

O planeta e seu corpo agradecem!

Se fizer essa receita, me conta o que achou e onde a usou! Bom apetite!

Outras Receitas Bárbaras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: